× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: saritaebruno

Baixar

Sarita e Bruno

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Sarita e Bruno

Sobre os noivos

"O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente que há no mundo." - Mahatma Gandhi

Quando dizem que "já era amor antes de ser", isso pode ser muito verdade na nossa história...

Ainda nem nos conhecíamos e Bruno já tinha escutado falar de mim pelos corredores do centro cirúrgico do Hospital de Clínicas, nosso querido HC, em Curitiba, até porque eu tinha um amigo da residência que era amigo de infância do Bruno, o Yuki. Enquanto eu (Sarita) estava em estágio externo, no R3 de Anestesiologia, Bruno estava passando por um ano extremamente desgastante, o R1 da Cirurgia Geral. Voltando ao HC, enquanto conversava com uma R mais do Bruno, a Vanessa, ele passou e nos cumprimentou e dali em diante começamos nosso contato como colegas, cada um do seu lado da força, "anestesista x cirurgião". A residência de Anestesiologia acabou e fui trabalhar no Hospital Paranaense de Otorrinolaringologia (o "IPO"), mas mantinha ainda um dia como titular na sala da Cirurgia Geral/Coloproctologia, então continuávamos nos vendo pelos corredores do hospital e durante algumas anestesias... Certa vez, durante uma cirurgia mais demorada, numa posição muito desconfortável para poder filmar o procedimento, Bruno teve muita dor nas costas e precisou que lhe desse medicação pela boca, talvez tenha sido aí que conquistei seu amor, hehehe. Em maio de 2013, fomos convidados para uma certa festa de formatura de um amigo do Bruno, seu xará, Bruno Pasinato, o Pazo. Na verdade, eu não o conhecia, mas trabalhava com sua mãe, Luciane, também anestesista, e com seu pai, Rogério, otorrinolaringologista no IPO. Chegando à festa, no dia 08 de junho de 2013 foi quando finalmente percebemos que havia mais do que amizade... Foi desse dia em diante que começamos a trilhar nosso caminho juntos... Foram plantões compartilhados, foi a parceria de levar pequenos lanchinhos ao plantão do outro, um cupcake no estacionamento do HT, um risóles no PA da Obstetrícia, enfim, foram pequenos gestos de carinho e cuidado que nos fizeram perceber que já era amor...

Percebemos muitas afinidades, o gosto pela culinária, por exemplo; algumas diferenças, ele é da cerveja, eu da caipirinha, ele do futebol, eu das viagens... E como tudo isso é bom!

É muito bom poder aproveitar nossos momentos cozinhando juntos ou para o outro, pensar no cardápio e fazer nosso supermercado aos domingos para poder preparar o almoço para nossas famílias, mas também são essenciais as diferenças, com elas crescemos, acrescentamos ao outro: hoje eu sei até as músicas da torcida do Paraná Clube (sim, eu aprendi pra poder torcer junto com ele) e ele sabe sobre as cidades e países pelos quais viajamos e aqueles pelos quais viajaremos (e são muitos).

Foram 4 anos e meio até aqui: final de residência, início de nossas carreiras, dificuldades, conquistas, amigos dele que se tornaram um pouco meus e vice-versa, muitas séries do Netflix, muitos filmes (grande parte dos quais eu dormi no trailer), muitas festas, vários casamentos, muitos festivais de cerveja e food trucks, muitos jogos de futebol, diversas viagens e shows, muitos almoços e jantares pros nossos amigos e pra nossa família, incontáveis momentos compartilhados.

Foram 3 anos e 8 dias do início do namoro ao noivado, um momento lindo, só nosso, com vista para uma das praias mais bonitas do mundo, entre a Praia do Sancho e o Morro Dois Irmãos em Fernando de Noronha, com direito à declaração de amor mais linda. (e daí até iniciar a organização do casamento, quase nada - Bruno diz que enganam os homens quando dizem que depois de noivar se "ganha" algum tempo para respirar, hahahaha. Imagina, sou tão calma).

São quase 2 anos morando juntos, crescendo com o outro.

E passou muito rápido!

Agora faltam 100 dias para nosso grande dia, o coração acelera, começa a passar um filme de tudo o que passamos para chegar até aqui. E como é bom relembrar cada pedacinho da nossa história e saber que ela só está começando...

Ainda temos uma vida inteira pela frente e, por isso, só temos motivos para comemorar!

Até dia 28 de abril, o dia que marcará o começo do resto das nossas vidas!

Com carinho,

Sarita e Bruno

 

Fotos Recentes
Fotos Recentes
Fotos Recentes
Fotos Recentes
Fotos Recentes
Fotos Recentes
Fotos Recentes